Refém

Posted: quinta-feira, 29 de dezembro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
0

 

Todo esse tempo desde que te conheci, não há um só dia que não penso em você.
E agora que estou ao seu lado, me sinto angustiado
Quanto mais perto,pior vai ficando
A idéia de não estar com você faz com que eu não respire.
Estou obcecado pelo beijo que nunca deveria ter me dado
Meu coração está batendo, esperando que nossos beijos não virem uma cicatriz.
Você está em minh' alma, atormetando-me.
O que devo fazer?
Farei qualquer coisa que me pedir.
Se você está sofrendo, como eu, por favor me diga.
Só não me peça para ser racional, pois
Eu gostaria de poder ignorar meus sentimentos, mas não consigo.
Sabe... Não teria que ser desse jeito

....

[Piedade roubada dos meus pensamentos
que o tempo descobrirá como meu fantasma de ontem.
Não sei convencê-lo a ficar
enquanto mudo qualquer coisa... e erro.]



-Trechos do filme Star Wars

Uma porta para a fascinação?

Posted: segunda-feira, 26 de dezembro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
0



Por Vinícius Soares

A cogitação é apenas uma falha do meu ser.
Retornar à sentimentos que um dia foram perdidos, parece-me um equívoco
Que não me trará a novos caminhos, tão pouco à novas idéias.
Mas me trará uma grade que me aprisionará em uma prisão de nostalgia,
Emoções e lembranças, mas isso vale a pena?
Não! Pois a busca incessante de novos caminhos vale mais.
Permitir-se buscar novos horizontes, em que uma luz pode nos aguardar para fazer com que
O brilho de nossas vidas nunca se apague, parece um bom começo.
E, será assim, o agora será meu (Re)começo.
É hora de eu ir. Adeus. É hora de fazer isso aqui funcionar.
Okay. Estou cansado de cantar musicas tristes.
Certo. É minha hora.
.
Uma porta para a fascinação?
Isso até que você veja o seu futuro

A fadiga chegou

Posted: by Vinícius Soares in Marcadores: ,
0



Por Vinícius Soares

Eu posso tirar toda a água da chuva do teto dessa casa vazia, isso não me incomoda.
Eu posso tirar algumas lágrimas agora e então depois deixá-las rolar
Eu não tenho medo de chorar
E toda vez por um tempo mesmo pensando em que você se foi você ainda me chateia
E há dias
Agora mesmo e novamente eu finjo que estou bem, mas isso não é o que acontece comigo

O que machuca mais, era estar tão perto
E ter tanto pra dizer
E ver você partindo
Nunca sabendo, o que poderia ter sido
E não vendo que amar você
Era o que eu tentava fazer.

Continua difícil levantar, me vestir, viver com esse arrependimento
Mas eu sei, se eu pudesse fazer isto novamente
Eu negociaria, diria todas as palavras que eu guardei em meu coração que eu nunca disse.
É difícil de lidar com a dor de perder você em todo lugar que eu vou
Mas eu estou fazendo isso
É difícil forçar aquele sorriso quando eu vejo nossos velhos amigos e eu estou sozinha.



- E eu aqui morrendo de saudade de quem nem se quer lembra que eu existo. 

Just everything I need

Posted: domingo, 9 de outubro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores:
1

“De repente sinto medo. Um medo antigo, o mesmo que sentia o menino escondido embaixo da escada, esperando castigos. Um medo e um frio que nascem de alguma zona escondida no cérebro, nas lembranças, nas coisas que o tempo escondeu ao avançar, como se recuando súbito pusesse a descoberto todos os cantos invisíveis, todas as teias de aranha recobrindo velhos muros, os mesmos que tantas vezes tentei escalar sem que houvesse nada depois, nenhum caminho, nenhuma casa. Nada."
Caio Fernando Abreu

De dentro do abrigo

Posted: by Vinícius Soares in Marcadores:
1




     Nos mais estúpidos momentos em que me isolei da realidade estava a construir um mundo. Cercado por uma esfera frágil de vidro meu universo tomou forma. Como em uma festa de alto estilo, pessoas eram selecionadas para entrar em minha fantasia fútil. Comecei a idealizar cada detalhe e, por alguns lances de segundos, parecia tão real que era difícil diferenciar da realidade.

     Minha insanidade havia chegado a tal ponto que, mesmo fora do meu "abrigo de vidro", estava rejeitando pessoas simplesmente por não corresponderem às minhas expectativas de perfeição. Cada defeito em cada ser com o qual me relacionei assumia uma proporção exagerada, impedindo de me encantar com simples gestos.

    Ando me questionando até que ponto eu deveria tolerar tudo aquilo que foge aos meus princípios. Talvez eu precise de paciência para encontrar o que realmente ando procurando ou tolerância pra aceitar aquilo que me foi imposto. Ou talvez eu só precise estourar minha bolha protetora e me libertar de conceitos que me impedem de desfrutar das pequenas coisas que compõem meus dias bipolares.

     Se estou pronto para me desprender das minhas fantasias sem sentido, não sei. Afinal, quem sabe não seja isso que me mantém em constante evolução e em constante busca pelo equilíbrio emocional?
Texto por Shelter : http://abrigodevidro.blogspot.com/   

Um porta pra fascinação ?

Posted: domingo, 4 de setembro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: , , , ,
0


Era tarde de setembro.
No momento que eu vi, pensei.
A medida que meu grito sai vendo este céu azul, penso em você. O verão está chegando , então vamos para o mar. Pois um dia estaremos nostálgicos. Tudo que sonhei um dia, sinto que posso realizar. Sentindo a brisa, vinda da praia. As palavras se afogam no som do mar. Tudo que desejei um dia, está escrito na areia, mas nesse futuro não se pode confiar. Verdadeiras emoções refletem sobre minhas costas enquanto admiro o mar.E brilham do outro lado da minha camiseta como mágica.Sentado na costa de areia, observando bem o tempo. Sem compromisso, ouço o barulho das ondas e sou incapaz de prometer algo.
 
Desejando o melhor, mas esperando o pior.  ;*

[.]Rógean Vinícius, adaptado.

Walkin' in the rain

Posted: by Vinícius Soares in Marcadores: ,
0


Por Vinícius Soares


A noite cai, ainda continua chovendo, do mesmo jeito que ontem.
Ao ser tocado pelo mínima gota, sinto um arrastar sobre minha pele,é ela, a água.
Que leva um pouco de minh'alma, aqueles pedaços que já estão em senescência.
Dar-se pra sentir, ela fluindo sobre os dedos, para nunca mais voltar.
Dispo a capa, e começo a me molhar.
A água que cai parece ter poder medicinal, deixando tudo mais leve.
Além de limpar, trata & lava as feridas que um dia  aquele ar quente das paixões
mal curadas produziram  e deixaram túnicas de tristezas acumulando-se sobre minha pele.
O peso já não era suportável. Agora, o movimento pode ser feito.
Já posso vestir a capa e voltar pra casa, enquanto atravesso a rua.
Ainda sentindo o suave cair. Olho pro céu, parece que vai logo o céu limpará.
Mas ainda não parou de chover.


Foi a sua sombra que eu a vi na parede?

Posted: sábado, 30 de julho de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: , ,
1


Sentado  em um quarto escuro que formos praticamente sequestrado, nos tornamos algo que não estava em nossos planos.
Transformamos-nos em alguém que sempre aposta no melhor do próximo, que sempre aposta que ele conseguirá alcançar o seu potencial máximo. Olhamos pela janela , que se torna nosso único meio com o mundo lá fora Avistamos aquele por quem temos olhado tanto ultimamente a rua. Desejando que note a casa, e tenha a curiosidade de conhece-la por mais que
Ela aparente ser obscura, mas na verdade, só basta pegar a chave que está embaixo do tapete ,abrir a porta, ligar as luzes, pronto. São três passos que nos liberta desse quarto em que estamos presos por um bom período de tempo.
Passamos o dia sempre a observar a rua no mesmo horário, mas como é possível uma vez que no não existe mais relógio, que antes ínsita em bater, em bater, mas sempre parava. Já não existe mais o conforto da cama, nem o calor do aquecedor, apenas o frio, que era interrompido pela janela,e pela cortina cor de marfim que decorava nosso mundo.
Agora confinado nesse habitat, esperamos que a luz de mais um dia não se acabe, e quando chegar a noite, que a porta se abra, e a luz que agora se fora com o dia, se torne tão vívida mesmo que seja produzida por uma vil lâmpada presente no corredor, mas que apenas traga aquela sombra que nos aquietará.

-[.]Por Rógean Vinícius, em mais uma de suas trajetórias

"-Querida, sou do Brasil.Sou capaz de ficar com o coração partido durante dez anos
por causa de uma mulher que nem cheguei a beijar"  Comer Rezar Amar

Otro día

Posted: domingo, 26 de junho de 2011 by Vinícius Soares in
0


-Uhh ele quer sambar ♪
Férias apenas começando, compromissos diários chegando ao fim.Mais um ciclo se completa,  faltando apenas uns dias para o próximo semestre chegar. Outra história vai começar para me deixar entediante, talvez. Este tempo.Alguém chame o chaveiro, como diz Travie McCoy, por que nós precisaremos abrir todas as portas, janelas, passagens secretas que existirem. Cansei de sentir-me pra baixo, vamos dar ao mundo um show. Quem sabe um show que dure das 10 p.m às 4 a.m em uma pista de dança, em cima de uma mesa, quebrando até o chão, em uma noite bem louca.Quem um show bem tranquilo sentando, proseando com os amigos e escutando uma boa musica. E que sabe assistindo um filme sozinho, rindo, se assustando, sentindo as mesmas sensações das personagens. Que comece o show e que venha com todos as emoçoes que temos direito, e que saibamos manipular bem a razão do tempo/emoção.  E que cresçam as minhas asas.

'Algum destes dias vou escapar para me jogar todo por um sonho
Tudo na vida é perder o ganhar tem que apostar, tem que apostar sem medo.


X

Os quatro amores

Posted: domingo, 5 de junho de 2011 by Vinícius Soares in
1

             Amar é ser vulnerável. Ame algo e seu coração certamente estará apertado e possivelmente machucado. Se você quiser garantir que se tudo se manterá intacto, não deve dar seu coração a ninguém, nem mesmo a um animal. Envolva-o cuidadosamente em diversões e pequenas luxúrias; evite todo tipo de confusões; Feche-o seguro na urna ou caixão do seu egoísmo. Porém nesta caixa-forte, escura, imóvel, sem ar – ele irá mudar. Ele não será quebrado; Ele se tornará inquebrável, impenetrável, irremediável. A alternativa para a tragédia ou, pelo menos, o risco da tragédia, é a condenação. O único lugar além do paraíso que você pode estar perfeitamente seguro de todos os perigos e pertubações do amor é o inferno.

     C.S lewis - os quatros amores.

Remebering Sunday

Posted: domingo, 8 de maio de 2011 by Vinícius Soares in
0


Inclinando-se agora para dentro da brisa
Se lembrando do domingo, ele cai de joelhos
Eles tomaram café da manhã juntos
Mas dois ovos não duram
Como a sensação da qual ele precisa.

-Mantendo um olhar no mundo
A milhares de pés afastados do solo.

[.] All time low

Um cotiledóne, por favor!

Posted: sexta-feira, 15 de abril de 2011 by Vinícius Soares in
2


Eles falam, falam...
Dizem que sabem, mas mentem...
Partirei daqui, uma vez que olhei o mundo em todos os aspectos
E com seus defeitos aparentes. Tenho perdido muitas coisas.
Espero a concessão de uma verdadeira ruptura,da quebra dos julgamentos e preconceitos.
Quebrando a primeira impressão.
Sabendo que enquanto arriscar, eu poderei está errando e falhar.
Mas saberei que o sol existe para todos
E Enquanto permaneço diante do sol
À todo lugar poderei ir.
Muitas vezes querendo um par de asas
Muitas vezes querendo as coisas mais banais
Muitas vezes ansiando estrelas fora dos limites de minha constelação.
Mas mesmo me permitirei amar cada manhã, como a última.

-Um cotiledóne, apenas, por favor.




Sim

Posted: quinta-feira, 14 de abril de 2011 by Vinícius Soares in
1

A vida é feita de escolhas. Quando você dá um passo para frente, alguma coisa fica para trás. 
Gossip Girl

“Todos temos algo na vida pelo qual vale a pena lutar.” 
Harry Potter e a Ordem da Fenix.

Silly Love Songs

Posted: terça-feira, 5 de abril de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
1


Pode ter existido um tempo, em que eu me entregaria.
Era uma vez...Eu não dava a mínima
Mas agora, aqui estamos.

E pode ter havido um tempo
Eu não iria nem tentar, mas eu acho,
Você deve pensar que as pessoas já têm canções bobas de amor suficientes.
Eu olho ao meu redor e vejo que não é assim.
Algumas pessoas querem encher o mundo com canções bobas de amor.
E o que há de errado nisso, eu gostaria de saber, porque aqui vou eu de novo.

- Amor não aparece em um minuto, algumas vezes ele nem aparece.

[.]Silly Love Songs

Fantasia

Posted: sexta-feira, 25 de março de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
3


E venho aqui e imagino que este é o lugar onde tudo da minha infancia foi depositado
E digo a mim mesmo, que se for verdade e se esperar bastante tempo,
Então uma pequena  figura aparecerá lá no horizonte, nos campos,
Ficando graduamente maior até que eu veja, que é ele.
Ele acena e talvez me chame. Eu não deixo que a fantasia vá além disso, não posso deixar.
Lembro a mim mesmo que eu tive sorte, de passar algum tempo com ele
O que não tenho certeza é que não sei se nossas vidas são tão diferentes das pessoas que salvamos
Todos nós concluimos, talvez nenhum de nós entenda realmente o que viveu,
Ou ache que teve bastante tempo.


Trecho do filme "Não me abandone jamais" *--*

Estações

Posted: sábado, 19 de março de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
1


  Tudo acaba, nem o verão é exceção, o outono logo ocupa o seu lugar,assim como as estações, as pessoas têm a habilidade de mudar. não acontece com freqüência, mas quando acontece, é sempre para o bem. algumas vezes leva o quebrado a se tornar inteiro de novo. às vezes é preciso abrir as portas para novas pessoas e deixá-las entrar. na maioria das vezes, é preciso apenas uma pessoa que tenha pavor de demonstrar o que sente para conseguir o que jamais achou possível. e algumas coisas nunca mudam. e que comece o novo jogo!

Gossip girl.
  

To need release

Posted: sábado, 12 de março de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores:
2



   Continue correndo...Hoje pode ser um bom dia para mudança de hábitos. Quem sabe um sorriso pra um desconhecido? Um mergulho de roupa às 5:45 da manhã em uma praia assistindo a sua majestade, o rei sol, começar a sua rotina de nos iluminar e sentindo o vento coemçando seu trabalho. Sinta-se livre.
   Quem sabe abrir os olhos e olhar ao redor ? Com olhos fechados as coisas mais simples e significantes se perdem. Acordar e mudar a rotina está totalmente na tendência pra quem procurar ser feliz. Quem disse que se aventurar em um dia sem regras não acaba sendo divertido ?
   Escutar aquelas músicas que pertenceram a um passado, chorar mágoas, abraçar perdões, dizer que sente saudades daquele velho amigo. Confessar emoções, segredos ( se não der certo, as cicatrizes provam  o quão corajoso você é para tentar ser feliz). Gritar e deixar o vento levar em viagem sua voz, quem sabe alguém do outro lado as escute.
  Reviver e fazer renascer a inocência de nossos atos, de nosso sentimentos.
  Hoje pode ser um dia em que erros serão perdoados, só basta cortar a fita .
  Pois vamos ser sinceros, elas já estão bem gastas.
  Vamos manter o fogo em nossos corações vivos e ser jovens.

[.]Rógean Vinícius

"Nós podemos governar o mundo algum dia, de alguma forma,
Mas nós nunca vamos ser tão brilhantes como estamos agora." ♫  

-Gold Forever - The Wanted -

Bring me to life

Posted: segunda-feira, 7 de março de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
3

Clique na IMAGEM

Apagam-se as luzes!
O corpo repousa na tranquilidade de mais um dia.
De olhos fechados as portas de abrem
Direcionam você a um novo mundo.
Sem um pensamento, sem uma voz, sem uma alma
Start, a vida renasce
Saindo do seu casulo agora, você desfruta do novo mundo.
Um novo corpo, uma nova alma que acorda de um sono profundo.
Desperta com toda a essência de buscar a felicidade
Desperta com toda inocência, com toda coragem de enfrentar os medos, os ébrios da ilusão
O corpo deixado pra tras carrega consigo os fatos que o mantinha na escuridão.
A liberdade traz a luz pra mais perto
Agora o sangue renovado flui continuamente
Carpe diem hoje é a ressurreição.

 [.] Rógean Vinícius


Texto dedicado a "Narcisa" ,cigarra que encontrei e meio que presenciei ela se transformando *--*
-Foi épico e lindo.

Ganhou suas asas, agora você não pode ficar
Pegue seus sonhos, e você pode torná-los realidade ♫ 
-Butterfly fly away -Miley Cyrus-

Fucking perfect

Posted: quinta-feira, 3 de março de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
4

 “Abrir mão, não quer dizer que eu não queira.”

"Às vezes é preciso se afastar das pessoas que você ama, mas isso não quer dizer que você os ama menos. Às vezes, você os ama ainda mais."

" As pessoas só tem o poder de te machucar, quando também tem o poder de te fazer feliz. É por isso que dói tanto, porque a pessoa que podia te fazer sorrir está te fazendo chorar."

"- Em duas palavras posso resumir tudo o que aprendi sobre a vida: Ela continua."
 [.]

Ya no

Posted: quarta-feira, 2 de março de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
1

Ya no, os pés voltam ao chão.
Já não quero viver/ser um estrangeiro.
Talvez escolhi percorrer o caminho mais comprido
O certo é que apostei errado, e perdi.
Chegou a hora de poder reescrever meu caminho,
Chegou a hora de se aventurar, começar o movimento
Cruzar caminhos, ultrapassar fronteiras, ir além do ser/estar
Não ficar parado escutando o som dos ventos que trazem o medo
Ou ficar buscando abrigo nas sombras das dúvidas
Parar de conjecturar os fatos, 
Pressuposições são fortes o bastante para obstruir um caminho.
Mas desenhar espaços em brancos e 
Depois poder pinta-los a minha maneira, parece ser bom.
Vou-me daqui. 

Last train

Posted: quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
2


Estou saindo, é simples e automático
Já está chegando o trem, acho que vou nesse mesmo.
OH! Trem atrasado, perdi o último?
Difícil é optar quando se não tem opção.
5 relógios, uma hora certa, preciso desativa-los.
Reescrever meus pensamentos.
E lá vem outro, até que não demorou muito.
Irei nesse, não importa meu destino.
A bordo do último trem do dia.
Meus sentimentos não esperarão o amanhã.
Sentado, a fumaça torna minha visão fosca.
Fugaz como o passado.
...
Oop's! Próxima parada, quem sabe eu desça.

[.] Rógean Vinícius
Eu sou apenas um estranho que entrou em seu mundo.

Hold on

Posted: terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: , ,
0



Parado na chuva, esperando um raiar do sol, ou uma luz do luar, ou apenas a chuva cessar.
O que ouço são trovões e com eles vejo junto, os relâmpagos.
Me assusto, todo mundo tem medo, não é verdade?
Contudo você não está aqui,
" Aguente firme, e eu prometo que ficará tudo bem." ouço você falar.
Mas como o calor no deserto, o frio na noite tem seus ébrios.
O frio. Ah, o frio!
O silêncio dele parece ser tão alto, tão penetrante que sinto minhas emoções se entrelaçarem.
Odeio este silêncio. Bem, quero gritar!
Mas as emoções estão silenciando...
Eu estou apto a fazer qualquer coisa
Para acalmar a tempestade em meu coração.

[.]
Rógean Vinícius

PS: Não era esse texto pra esse post, mas essa imagem falou mais alto e ai está o resultado.

De repente.

Posted: terça-feira, 15 de fevereiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores:
2


  As nuvens insistem em ofusca-lo, porque?
  Os ventos sopram e as ajudam, e ele vai aos poucos escondendo-se, com medo.
  Mas de repente tudo para.
  Ventos cessam, nuvens se paralisam, mas ele ainda continua no mesmo lugar.
  A tempestade...
  Como um sinal tudo volta a se mover. 
  As nuvens agora estão indo ao lugar contrário e os ventos, as ajudam.
  E tudo parece prometer brilhar como um belo dia de verão.
  E de repente vou à janela e desenho uma cara sorrindo.

[.]Rógean Vinícius


-Se não for hoje, talvez será amanhã.♪

A good day for love to die

Posted: quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
2

Nós corremos fora do tempo
Acabou eu estou fora dessa vida, eu estou fugindo
Eu estou fora daqui da sua vida
É um bom dia para a ressurreição
É um bom momento para interromper a conexão
Para o coração que eu tenho negligenciado
É um dia bom para o amor para o amor morrer
Então agora eu estou indo deixando a mentira, deixando morrer

A good day for love to die ♪

Manipulação. Frustração

Posted: by Vinícius Soares in Marcadores: ,
0

O tempo manipula seu coração,
As pré-concepções vêm à baixo
Cheguei a duvidar do meu próprio estado mental
Mas não me arrependerei do que disse
Não vou retratar minhas convicções
Posso estar confuso, mas não sou cego
Então leve todo este barulho para o seu cérebro
E retorne tudo
Vou arcar com as consequencias, trocar minha pele,
te chamar e então...
Direi estas palavras em alto e bom som

-Fechei pra balanço, vou ali me hospedar no Hotel Broken-Heart.

Suspiros Autômatos

Posted: segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
2



Hospedado no Hotel Broken-Heart (quebra-coração),um pedido é feito.
 - ooi
- Opa'

E eu ,desprevinido, sinto o botão 'enter' ser apertado.Já era, neste sonho não existe o 'delete'.
Hoje vivemos entre latidos mecânicos e suspiros autômatos. Uma conexão entre lá e cá.
Entre linhas navegamos, sem o mínimo de pele, há um desenvolvimento de um sentimento, do mais puro.
Mas sinto que muito há de ser entregue, sinto voce chegando e eu vou, sim, vou esperar.
Será momento único, intensto e real. O mais puro e doce momento.

[.] Rógean Vinícius

-Nosso encontro em um amanhecer,será lindo e sei que te reconhecerei ♫

Pobre tu alma

Posted: terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
3


Ele mentiu para mim
Ele disse que me amava e não era verdade,
Não me amava, nunca me amou
Ele disse que me adorava.
Era um jogo e nada mais
Foi somente um jogo cruel da sua vaidade
Ele mentiu para mim.

Com o coração quebrado e o rosto molhado
Sou tão infeliz que queria morrer.

Mentiras, tudo foi mentira
Palavras ao vento
Apenas um capricho que a criança tinha
De todo amor que jurou, jamais houve nada
Eu fui simplismente outra mais que o amava.

Mentiras, tudo foi mentira
Os beijos as rosas
As falsas carícias que me estremeciam.
 
Ele pisou no meu coração
Entre palavras de amor
Mentiras de verdade,
Ternura trágica.

Me cansei de ser sua vítima
Fiquei com raiva da sua encenação
Não, não, você não vai mudar.
Foi suficiente jogar o seu jogo
Beijos de fogo, gotas de água
Pois ontem decidi que você não jogará mais comigo
Que não serei uma tonta contigo
Que foram lágrimas demais por você
Pobre da sua alma, pobre de você.
Fique sem mim.

[.] Mash-up Pobre tu alma & Él me mintió de Anahí 

Fanatismo

Posted: quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores:
5



Minh'alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer razão de meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

"Tudo no mundo é frágil, tudo passa..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, vivo de rastros:
"Ah!  Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: princípio e fim!..."


- Florbela Espanca

Jaaa

Posted: sábado, 22 de janeiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores:
2


By Anahí Giovanna

Immobile

Posted: sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
5


Parado, algo toma conta de mim
Uma tranquilidade egoísta
Engolfada pelo desejo  de tomar uma atitude
Ação fácil  -na teoria diga se de passagem.
Pois em ação, tomar uma atitude,
É ultrapassar o limite do que você está acostumado.
Não é fácil, pois todo mundo tem medo.
O tempo passa
É mais fácil ir e vir, do que somente ir
Mas quando o fogo apaga e tudo lhe pressiona para andar mais um passo.

Eu acho que deveria tomar uma atitude
Para de fingir, pois não tenho nada a perder.

[.] Rógean Vinícius

Firework

Posted: terça-feira, 18 de janeiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
3


Uma atitude,
As mãos começam a se tocar, os pulsos se aceleram
A mente antes tranquila, agora em reboliço.
As faces se aproximam e tal modo que os lábios não são fortes
E cedem a atração do igual.
O corpo estremece, as pupilas se dilatam, as mãos suam e fraqueza nos joelhos é inevitável
Explosão de sentimentos,no momento em que todos os sentidos estão conectados a
                                                                                                   - um só pensamento.
Amar.
Aquele desejo escondido volta à tona mais forte.
Antes limitado à uma intocante cápsula protetora
Pulsa agora quebrando os limites que o aprisiona
A realidade parece ser mais fácil diante de uma face
Que se enfraquece a uma química sem explicação.
E o beijo antes ardente se torna melífluo à medida que a conexão vai se completando
E agora o que sucederá nos momentos seguintes?
O coração emocional dirá a resposta ? Ou tempo racional a trará consigo?

[.] Rógean Vinícius
               - Cause baby you're a firework ♪

The wings of life

Posted: sábado, 15 de janeiro de 2011 by Vinícius Soares in Marcadores: ,
2


 Nunca irei me acostumar com a rotina da vida.
Nascer, crescer, reproduzir & morrer. E o viver?
Vocês que andam apressados já conseguiram ao menos realizar um sonho e ser feliz?
Eu ainda estou tentando realizar os meus.
Um dia poderei acostumar oas fatos, mas não enquanto eu puder mudar minha vida!
Se eu for ao lugar ensolarado conseguirei alcançar o céu? Foi o que pensei.
Pois as asas que usarei para voar ainda estão invisíveis.

[.]Rógean Vinícius

"-É por não ser fácil que continuo seguindo em frente." -Yui Yoshioka.